MEMÓRIAS COMPARTILHADAS | José Aristeu da Silva

6min – 14/09/2018 – Auditório Claudio Santoro – Museu Felícia Leiner – ACAM Portinari

José Aristeu da Silva, sai de Minas Gerais em busca de melhores oportunidades mudou-se para Campos do Jordão onde constituiu sua família e trabalhou na antiga Companhia de Telefonia (TELESP) antes de assumir o cargo de jardineiro no Auditório Claudio Santoro durante 25 anos. 

Veja a seguir

museologia, escultura, polônia, Campos do Jordão, Festival de Inverno, Jazz Sinfônica, Orquestra, música, artes plásticas, composição,

museologia, escultura, polônia, Campos do Jordão, Festival de Inverno, Jazz Sinfônica, Orquestra, música, artes plásticas, composição, 

museologia, escultura, polônia, Campos do Jordão, Festival de Inverno, Jazz Sinfônica, Orquestra, música, artes plásticas,

museologia, escultura, polônia, Campos do Jordão, Festival de Inverno, Jazz Sinfônica, Orquestra, música, artes plásticas, jardinagem, paisagismo,

museologia, escultura, polônia, Campos do Jordão, Festival de Inverno, Jazz Sinfônica, Orquestra, música, artes plásticas,

museologia, escultura, polônia, Campos do Jordão, Festival de Inverno, Jazz Sinfônica, Orquestra, música, artes plásticas, composição,

Seja o primeiro a comentar “MEMÓRIAS COMPARTILHADAS | José Aristeu da Silva”

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Não há nenhum comentário ainda