Comentários:

  • > MUSEUS > SABER
  • > MUSEUS > SABER > AULAS
  • > MUSEUS

ABSTRAÇÃO, RUPTURAS E NOVOS MEIOS | HIstória da Arte no Rio Grande do Sul

Live – 19h - 06/12/2021 - Museu de Arte do Rio Grande do Sul

Ministrante: Prof. Dr. Paulo Gomes
Participação especial: Profa. Dra. Neiva Bohns (Centro de Artes/PPGAVI/UFPel)

Neste encontro, os professores falam sobre rupturas e arte abstrata no RS a partir dos anos 50. Enquanto o Museu de Arte do Rio Grande do Sul (Margs), instaurado em 1954, estruturava-se, era criado o Atelier Livre da Prefeitura de Porto Alegre, era federalizado o Instituto de Artes e, em Santa Maria, surgia o Centro de Artes e Letras da UFSM. Nesse período, com as transformações na estrutura política e econômica do RS e do País, as artes plásticas tiveram expressivo destaque, o que se verifica pelas várias encomendas públicas. Em oposição à “arte oficial” ou à produção de forte conotação ideológica, despontaram movimentos de ruptura, bem como artistas filiados à abstração.

Confira mais vídeos

FIQUE POR DENTRO DO NOSSO CONTEÚDO, CADASTRE-SE E RECEBA AS NOVIDADES POR E-MAIL:

Nós utilizamos cookies para analisar e melhorar sua experiência de navegação e recomendar conteúdos de seu interesse. Ao navegar pelo site, você concorda com este monitoramento e o uso de cookies. Em caso de dúvidas, acesse nossa Política de Privacidade.

Skip to content