A VOZ DA MEMÓRIA | Lidiane Damaceno Cotui

9 min22/11/2018 – Museu Índia Vanuíre – ACAM – Tupã

Lidiane Damaceno Cotui Afonso, Krenak da Terra Indígena Vanuíre (Arco-Íris, SP), fala sobre como foi a evolução da educação indígena na sua T.I. e da importância dos indígenas estarem à frente desse segmento.

Veja a seguir

arte, cultura, pandemia, inovação, criação, produção

Tamimi David Rayes Borsatto, gerente do Museu Índia Vanuíre na cidade de Tupã, conta, a partir do seu envolvimento direto, a criação do museu. Com muito carinho e conhecimento fala como Luiz de Souza Leão fundou o museu, em 1966, a partir da ideia do Professor João Geraldo Iori, com conversa com o professor e vereador Vinícius Stein Campos, que deu procedimento a este legado da cidade e da cultura dos povos originários da região.

Lucia Nely Zalit Bukolts, responsável pelo museu Janis Erdberg em Varpa, conta um pouco sobre a construção deste distrito de Tupã, criado a partir da imigração de letos saídos da Letônia em 1922. Ela conta também a partir de sua experiência pessoal com seus ancestrais sobre a identidade Leta, e como Varpa é referência da colônia e identidade leta no Brasil, mesmo pequena.

cinema, brasil, audiovisual, carreira, cultura, informação

confecção, boneca de pano, costura, criação, cultura, oficina

psicologia, confinamento, comunicação, artes, mente saudável, comportamento, pandemia

Seja o primeiro a comentar “A VOZ DA MEMÓRIA | Lidiane Damaceno Cotui”

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Não há nenhum comentário ainda