6º FLI – FESTIVAL LITERÁRIO DE IGUAPE | Djamila Ribeiro: o que é lugar de fala?

1h30min – 19/6/2018 – Oficinas Culturais – POIESIS

Na 6ª edição do Festival Literário de Iguape – FLI, a filósofa, escritora e acadêmica Djamila Ribeiro, autora de best sellers como “Pequeno Manual Antirracista”, refletiu sobre o lugar social de onde se produzem discursos e a urgência pela quebra de silêncios instituídos, tratando da importância de outros olhares que rompam com a história única. A mediação foi realizada pela escritora e jornalista Bianca Santana, vencedora do Prêmio Jabuti em 2016.

Veja a seguir

samba de lenço, Piracicaba, resistência, batuque de umbigada, batuqueira, cultura popular, samba de bumbo, colonização, negro, escravidão, empoderamento, dança, africanidade,

musical, broadway, ópera, teatro, opereta, arte, teatro ocidental, teatro oriental, teatro grego, gênero teatral, commedia dell'arte, tradição oral, mitologia, teatro de revista, vedete, cabaré, cabaret, vaudeville, varieté, mágica, jukebox, musical biográfico,

Ubatuba, Anchieta, índio, indígena, tupinambá, Peruíbe, litoral paulista, colonização, turismo, especulação imobiliária, meio ambiente, território, cultura, unidade de conservação, canoagem, antepassados, resistência,

música, educação, ritmo, expressão, musicalidade, canto, instrumento, melodia, percepção, teoria musical, desenvolvimento rítmico, assimilação, linguagem musical, autonomia,

musicalização infantil, desenvolvimento social, crianças, desenvolvimento emocional, música,

interior, cultura popular, tradição, catira, identidade caipira, sítio, Araçatuba, culturas tradicionais, danças tradicionais, raízes, discriminação, preconceito, pejorativo, roça, patriarcal, patriarcado, viola, feminismo, machismo, música, educação, equidade,

Seja o primeiro a comentar “6º FLI – FESTIVAL LITERÁRIO DE IGUAPE | Djamila Ribeiro: o que é lugar de fala?”

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Não há nenhum comentário ainda