PINK

PINK

136min | 2016 | Suspense | Idioma: HI

ESTREIA 06 DE SETEMBRO ÀS 19H

DISPONÍVEL ON DEMAND ATÉ 30 DE SETEMBRO

ÍNDIA

SINOPSE

Três jovens mulheres implicadas em um crime lutam contra três homens influentes e poderosos, com um advogado aposentado que as ajuda a limpar seus nomes. O filme retrata também a percepção da sociedade indiana quanto às mulheres que não se enquadram nos padrões da cultura e moralidade.

FICHA TÉCNICA

Produção: Rashmi Sharma Telefilms – Índia
Direção: Aniruddha Roy Chowdhury
Roteiro: Shoojit Sircar, Aniruddha Roy Chowdhury
Elenco: Amitabh Bachchan, Taapsee Pannu, Kirti Kulhari, Andrea Tariang

    1. Este filme é muito bom. Também disponível no Netflix. Outro filme muito bom disponivel na mostra é Hindi Medium.

  1. Boa noite, estamos tentando ver o PINK mas a legenda em português não entrou. O que fazer?
    Obrigado
    Chico

  2. Como configurar para exibir legendas em português? Ontem não consegui e hoje (7/9) o link está quebrado (erro 404, página não encontrada).

  3. Olá, não consigo acessar o link no dia de hoje (7/9).

  4. Não estou conseguindo acessar os filmes pela Smart TV, só pelo computador.
    Quando entro com esse site culturaemcasa.com.br na Smart TV Só aparece o filme paraguaio Guarani

  5. Que falta de consideração! Ontem o filme PINK entrou sem legendas. Em seção especial de hoje às 17H00, clicando no filme ele não entra. Esqueceram de avisar o estagiário para disponibilizar o filme?????

  6. Estou também tentando acessar e o filme Pink nao entra. O que estará acontecendo?

  7. Estou também tentando acessar o das 17 h…

  8. Ô gente, que sorte de quem não conseguiu ver este filme.
    É muito ruim. Por enquanto, pelo que vi, esta mostra apresenta o pior do cinema do universo.
    Este Pink (até o nome é ridículo) é primário. Como os indianos, tem tudo horroroso. Roteiro, direção, atores.
    Veja-os quando não tiver nenhuma reprise do Gugu.

  9. Uma correção indispensável ao comentário, também meu, acima: como já era tarde da noite, no meio, ao escrever “como os indianos” me confundi achando que falava sobre o péssimo “Caminho para Berlim”, russo. Hoje acabei de ver “Djon África”. Lindo. Compensou o tempo perdido com a mediocridade que havia visto até aqui. Imperdoável deixar de ver.

  10. Filme excelente. Dos três indianos disponíveis na Mostra, este é melhor, ainda que o Hindi Medium seja muito bom também. Pink merece aplausos por colocar o dedo na ferida em um dos maiores problemas culturais da Índia, a cultura do estupro que, diga-se de passagem, também existe no Brasil, talvez em um nível de gravidade um pouco, apenas um pouco, menor, já que estupros coletivos na Índia são noticiados com frequência. Bem dirigido e com atuação ótima do veterano Amitabh Bachchan. As atuações das três mulheres deixam um pouco a desejar, principalmente nos momentos em que elas devem demonstrar emoções mais fortes. O filme teve um papel social importante na Índia.

  11. Filme muito sensível, falando de algo tão familiar… machismo. Show de interpretação do elenco! Parabéns pela escolha para essa Mostra. A India arrasando no cinema !!!! Surpreendeu-me pela qualidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *