FIQUE POR DENTRO DO NOSSO CONTEÚDO, CADASTRE-SE E RECEBA AS NOVIDADES POR E-MAIL:

O melhor da OSESP no tempo de preparar

uma refeição, fazer seu exercício ou só aquela pausa

para apreciar um bom e breve concerto

A OSESP Xpress é o programa ideal para acompanhar a suas pausas. Uma pausa no trabalho para o preparo de uma refeição, uma pausa no dia corrido para os exercícios físicos ou uma breve pausa contemplativa ao som de concertos incríveis!

A seleção conta com 20 deles e é composta por apresentações de renomados regentes e músicos, que variam de 20 a 40 minutos. Um programa perfeito para equilibrar a rotina nesse momento de reclusão.

É o melhor da OSESP na sua casa! Para compor a OSESP Xpress, foram escolhidos concertos gravados na Sala São Paulo entre 2015 e 2019.

Estão na programação, por exemplo, Dois Violinos, considerada uma das obras mais famosas de Johann Sebastian Bach e uma das obras-primas do Barroco, regida por Isaac Karabtchevsky, uma referência no mundo dos clássicos, e O Rei Lear, OP 4, de Hector Berlioz, com a regência de Thierry Fischer.

Sinfonias

SINFONIA Nº 1 DE BRAHMS
SINFONIA Nº2 DE BRAHMS
SINFONIA Nº 3 DE BRAHMS
SINFONIA Nº 4 DE BRAHMS
SINFONIA Nº 6 DE DVORÁK
SINFONIA Nº 9 DE DVORÁK
SINFONIA Nº4, ITALIANA
SINFONIA Nº3 DE SCHUBERT
SINFONIA Nº6 DE VAUGHAN WILLIAMS

Mais OSESP Express

CAPRICHO

Compositor: Niccolò Paganini

Violinista: Rodolfo Lota

Para a série Osesp em Casa, durante o período da quarentena, o violinista Rodolfo Lota executa, de sua residência, a obra Capricho nº 21, de Niccolò Paganini, compositor e violinista italiano que revolucionou a arte de tocar violino.

ESTUDO PARA MARIMBA

Compositor: Gordon Stout

Músico: Ricardo Bologna

Para a série Osesp em Casa, durante o período da quarentena, o marimbista Ricardo Bologna executa a obra Estudo para Marimba: Livro 1, nº 5, de Stout. Gordon Stout é um percussionista, compositor e educador americano especializado em marimba.

SONATA Nº1

Compositor: Johann Sebastian Bach

Violinista: Anderson Farinelli

Para a série Osesp em Casa, durante o período da quarentena, o violinista Anderson Farinelli executa, de sua residência, a composição sinfônica Sonata nº 1 para Violino Solo em Sol Menor, BWV 1001, de J. S. Bach, um dos mais importantes artistas da história da música.

CHACONNE

Compositor: Johann Sebastian Bach

Violinistas: Emmanuele Baldini, Matthew Thorpe e Sung Eon Cho

Para a série Osesp em Casa, durante o período da quarentena, três violinistas da OSESP executam, de suas respectivas residências, a composição sinfônica Partita em Ré Menor para Violino Solo, BWV 1004: Chaconne, com arranjo de Paulo Galvão.

NOTURNO

Compositor: Frédéric Chopin

Pianista: Fernando Tomimura 

Para a série Osesp em Casa, durante o período da quarentena, o pianista Fernando Tomimura executa, de sua residência, a obra Noturno, Op.55 , Nº2, de Frédéric Chopin, grande compositor para piano da era romântica.

PRELÚDIO

Compositor: Johann Sebastian Bach

Violinista: Camila Yasuda

Para a série Osesp em Casa, durante o período da quarentena, a violinista Camila Yasuda executa a obra Partita nº 3 para Violino Solo em Mi Maior, BWV 1006: Prelúdio, de J. S. Bach. As Partitas, são um conjunto de seis suítes de cravo escritas por Johann Sebastian Bach, e publicadas entre 1726 e 1730.

UIRAPURU

Compositor: Waldemar Henrique

Mezzo-soprano: Maria Angélica Leutwiller

Para a série Osesp em Casa, durante o período da quarentena, a mezzo-soprano Maria Angélica Leutwiller executa, de sua residência, a obra Uirapuru, de Waldemar Henrique, maestro, pianista, escritor e compositor brasileiro.

MENUETTO

Compositor: Gordon Stout

Músico: Ricardo Bologna

Para a série Osesp em Casa, durante o período da quarentena, o marimbista Ricardo Bologna executa a obra Estudo para Marimba: Livro 1, nº 5, de Stout. Gordon Stout é um percussionista, compositor e educador americano especializado em marimba.

DOIS VIOLINOS

Compositor: Johann Sebastian Bach

Regente: Isaac Karabtchevsky

Convidados: Camila Yasuda (violino),Carolina Kliemann (violino)

A OSESP executa a composição Dois Violinos e Cordas de J. S. BACH, em Ré Menor. Além de dominar os teclados, Johann Sebastian Bach foi um exímio violinista. Ele escreveu pelo menos seis concertos para um ou mais violinos e outros tantos combinando o instrumento com outros solistas – como o oboé.

LES NUITS D’ÉTÉ

Compositor:  Hector Berlioz

Regente: Thierry Fischer

Convidados: Lina Mendes (soprano)

Hector Berlioz não costuma ser lembrado como um compositor de canções – geralmente é a “Sinfonia Fantástica” que nos vem à mente –, mas ele escreveu mais de 50 obras do gênero, sendo “Les Nuits d’Été” [Noites de Verão] o único ciclo dentre elas.

TRÁGICA

Compositor: Franz Schubert

Regente: Nathalie Stutzman

A OSESP executa a composição sinfônica Sinfonia Nº4 – Trágica de Schubert em Dó Menor. Schubert concluiu a Quarta Sinfonia, em dó menor, aos dezenove anos. A estreia, em Leipzig, só ocorreu em 1849, duas décadas após sua morte. Este concerto é regido pela maestrina e contralto francesa especializada em barroco. 

O REI LEAR, OP 4

Compositor: Hector Berlioz

Regente: Thierry Fischer

A OSESP executa a composição sinfônica O Rei Lear, de Berlioz. Em seu livro de memórias, Hector Berlioz conta que o Rei George V de Hanover, após ouvir “O Rei Lear” em 1843, teria dito: “Magnífico, Monsieur Berlioz, magnífico! Sua orquestra fala, e você não precisa de palavra alguma.

PATÉTICA

Compositor: Piotr Ilitch Tchaikovski

Regente: Arvo Volmer

A OSESP executa a composição sinfônica Nº6 – Patética de Tchaikovsky, em Si Menor. Tchaikovsky considerava a “Sinfonia nº 6” a sua melhor obra – “eu a amo como nunca amei nenhuma outra de minhas criações musicais”. A peça estreou no dia 28 de outubro de 1893.

QUATRO PRELÚDIOS E CANÇÕES SÉRIAS

Compositores: Johannes Brahms, Detlev Glanert

Regente: Sir Richard Armstrong

Convidado: Stephan Genz (barítono)

A OSESP executa a composição sinfônica Quatro Prelúdios e Canções Sérias de Brahms e Glanert, com a presença do barítono alemão Stephan Genz. As orquestrações são magníficas, ricas e obscuras, soberbamente trabalhadas e totalmente fiéis ao espírito de Brahms.

TOTENTANZ

Compositor: Franz Liszt

Regente: Marin Alsop

Pianista convidado: Lucas Thomazinho 

A OSESP executa a obra para piano e orquestra solo Totentanz, de Lizst. Com a presença do ilustre pianista Lucas Thomazinho, “Totentanz” (Dança dos Mortos), de Franz Liszt, é uma paráfrase do “Dies Irae” (Dia de Ira), hino litúrgico medieval muito presente nas missas de Réquiem.

CONCERTO Nº23 PARA PIANO

Compositor: Wolfgang Amadeus Mozart

Regente: Arvo Volmer

Pianista convidada: Yulianna Avdeeva

A OSESP executa o Concerto Nº23 Para Piano de Mozart, em Lá Maior. Mozart, na mesma época em que compôs “As Bodas de Fígaro”, escreveu também três concertos para piano, dentre eles o de número 23 (KV 488). Regida por Arvo Volmer, e com a pianista russa ganhadora do primeiro prêmio da 16a edição do Concurso Chopin em Varsóvia.

RONDÓ PARA PIANO E ORQUESTRA

Compositor: Wolfgang Amadeus Mozart

Regente: Robert Treviño

Pianista convidado: Cristian Budu 

A OSESP executa a composição sinfônica Rondó para Piano e Orquestra KV 386 em Lá Maior. Com a presença do pianista brasileiro Cristian Budu, apresentamos uma das maiores obras de Mozart, que ao longo de toda sua carreira compôs 27 concertos para piano.

PINHEIROS DE ROMA

Compositor: Ottorino Respighi

Regente: Valentina Peleggi

A OSESP executa o poema sinfônico Pinheiros de Roma, de Respighi. O poema “Pinheiros de Roma integra a chamada Trilogia Romana, na qual o compositor bolonhês presta uma homenagem à cidade que o adotou a partir de 1913. Inclusive, foi em Roma que ele viveu até o fim de seus dias.

CONCERTO Nº2 PARA PIANO DE SAINT-SAËNS

Compositor: Camille Saint-Saëns

Regente: Alexander Liebreich

Pianista convidado: Behzod Abduraimov 

A OSESP executa a composição sinfônica Nº2 para piano de Saint-Saëns em Sol Menor. Camille Saint-Saëns destacou-se na infância como um menino-prodígio, revelando-se um excelente organista e pianista. Nesta apresentação, contamos com a presença do pianista uzbeque medalhista de ouro da Van Cliburn Piano Competition.